Inteligência Artificial e o Futuro do Trabalho – Acelera
logo

Select Sidearea

Populate the sidearea with useful widgets. It’s simple to add images, categories, latest post, social media icon links, tag clouds, and more.
hello@youremail.com
+1234567890

Inteligência Artificial e o Futuro do Trabalho

Inteligência Artificial e o Futuro do Trabalho

É muito comum ouvir falar sobre inteligência artificial como uma das maiores tecnologias da atualidade, mas a verdade é que o conhecimento de como fazer as máquinas “pensarem sozinhas” já existe há pelo menos 50 anos. Esse é um post para te ajudar a entender como as IAs funcionam e como isso impacta o futuro do teu filho. 

 

Várias vezes no cinema, como no filme “o exterminador do futuro” ou “eu robô”, as máquinas são retratadas como seres malignos que podem se rebelar contra os humanos e assumir o controle da sociedade. Mas a verdade é que essas tecnologias são menos ameaçadoras do que parecem. 

 

Existe um ponto que é interessante de saber antes de entender como funciona o processo em sí: Inteligências Artificiais não necessariamente são feitos na forma de robôs humanoides (ou seja, aqueles robôs que têm membros inferiores e superiores, tronco e cabeça, assim como os humanos), existem vários aparelhos do dia a dia que funcionam por meio de uma inteligência artificial. Um exemplo disso é o seu instagram, que mostra publicações patrocinadas que estão relacionadas com o tipo de conteúdo que você costuma consumir na rede social. 

 

Agora vamos entender como isso funciona na prática. Todo o processo de aprendizado de uma dessas máquinas é baseado em bancos de dados, que são como bibliotecas digitais com várias informações sobre algum tema. Vamos supor que você tem dois bancos de dados, um relacionado a cores e outro relacionado a frutas. O seu “comando” para a máquina é: “relacionar esses dois campos, dizendo qual a cor de cada fruta” e, a partir desse comando inicial, a máquina irá fazer várias relações até acertar qual a combinação certa. Ela faz isso através da análise de dados dos bancos de onde ela “estudou” essa informação. 

 

Normalmente os textos sobre esse assunto estão relacionados à grandes mudanças no mercado de trabalho, quando as máquinas irão substituir humanos nos trabalhos que são mais repetitivos e operacionais. A verdade é que esse movimento já vem acontecendo fazem alguns anos. Alguns exemplos disso: a substituição das atendentes de estacionamento dos shoppings, por guichês eletrônicos. Ou até a substituição das atendentes de telemarketing por chatbots. 

 

Porém, existe também uma onda de positivismo com relação a essa geração de empregos. Algumas pesquisas falam que, para cada um emprego que será substituído por uma automação, existem outros dois que surgirão a partir disso. Um exemplo disso é a profissão de analista de banco de dados. Com o grande uso desse tipo de tecnologia, vão ser necessários cada vez mais profissionais para criar esse tipo de inovação. 

 

Com um futuro cada vez mais imprevisível, é necessário que os jovens de hoje estejam atentos a mudanças e conectados com as transformações do mercado de trabalho. Adaptabilidade e criatividade são duas habilidades essenciais para que esse processo aconteça. Isso porque, além de entender quais são as mudanças que estão surgindo, é importante saber se adequar a elas.  

 

Ana Uriarte
Ana Uriarte
No Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website