Estudantes pernambucanos viajam ao Vale do Silício
logo

Select Sidearea

Populate the sidearea with useful widgets. It’s simple to add images, categories, latest post, social media icon links, tag clouds, and more.
hello@youremail.com
+1234567890

Estudantes pernambucanos viajam ao Vale do Silício

Estudantes pernambucanos viajam ao Vale do Silício

Um grupo com cerca de 15 adolescentes pernambucanos, com idades entre 13 e 17 anos, viajará para o Vale do Silício, nos Estados Unidos, para despertar a capacidade de pensar diferente. Os estudantes farão uma imersão de dez dias com atividades de empreendedorismo, educação financeira, criatividade e design para que desenvolvam habilidades capacitantes para o futuro. Além disto, aprenderão sobre o “mindset” do Vale que é conhecido mundialmente pela sua alta tecnologia.

 

O primeiro grupo de alunos sai do Recife no dia 19 de julho. Apesar de ainda faltar mais de um mês para ida à Califórnia, o clima é de muita expectativa e ansiedade. Batizado de “Acelera no Vale” a iniciativa da Agit Intercâmbio em parceria com a Acelera – escola de empreendedorismo, inclui um roteiro com atividades pensadas para despertar a curiosidade dos alunos no território que, nos últimos anos, vem desenvolvendo o que há de mais revolucionário no mundo, a exemplo da Uber, que foi desenvolvida na região e revolucionou a forma de transporte.

 

Chegando nos Estados Unidos, os adolescentes visitarão grandes empresas, como HP, Apple, Google, Tesla, Facebook. A viagem tem gerado expectativas positivas também nos pais. É o caso do administrador Marcelo Beder, pai de Natalia Beder, de 16 anos, uma das adolescentes que farão a imersão no Vale. “Como pai eu tento entregar a melhor educação possível, mesmo com sacrifícios. Estou bastante alegre com a ida da minha filha e espero que isso lhe ajude lá na frente a conseguir um bom emprego”, diz, afirmando ainda que espera que a filha queira continuar no Brasil. “A gente precisa de pessoas capacitadas que saibam solucionar problemas”, completa.

 

De acordo com a diretora da Agit, Natalya Fonseca, o projeto pioneiro tem uma missão de proporcionar uma experiência de imersão na região do Vale. “Selecionamos o que há de mais inovador na região. Sendo assim, eles terão a oportunidade de estimular a criatividade com a junção de conteúdo teórico e prático”, detalha. “Viver a cultura do local irá contribuir para agregar novos valores aos estudantes. Além disto, várias atividades práticas que vão desde a refeição até workshops”, completa.

 

Durante as visitas, os alunos terão a criatividade e o olhar estimulados por um universo que faz parte de suas rotinas. É o caso de empresas que desenvolvem jogos (EA Games), produtos eletrônicos (HP) e unidades de processamentos gráficos para os mercados de jogos e profissionais (Nvidia). “Nosso papel, como educador é fomentar parte do conteúdo, das atividades, e manter a conexão com as empresas”, disse o diretor da escola Acelera, Guilherme Carvalho.

 

Fonte: https://www.folhape.com.br/economia/economia/economia/2019/06/10/NWS,107399,10,550,ECONOMIA,2373-ESTUDANTES-PERNAMBUCANOS-VIAJAM-VALE-SILICIO.aspx

Ana Uriarte
Ana Uriarte
No Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website